Como fazer seu queijo render mais! Uma entrevista improvisada (mesmo) com um mestre queijeiro!
Notícias da cidade (que continuarão semana que vem)... penúltimo capítulo da temporada.
Participação de Nigel Goodman e agradecimentos pela participação especial de Guiga Krohling do Beco da Bike.

ASSINE E OUÇA NO SEU PLAYER PREFERIDO:

Subscribe on AndroidBotão do Feed RSS

CONTRIBUA:

Botão Padrim

Transcrição do Episódio

INTRO

Com uma nova seleção de dicas prática e conselhos úteis, esse é o Informe do Almanaque do Jovem Fazendeiro para domingo, 14 de outubro 2018. Hoje se comemora o Dia do Meteorologista no Brasil e pedimos à todos eles que nos ajude a entender o que tem acontecido em Bom Jesus.

Se você foi limpo pela primeira vez hoje, você faz aniversário com os atores Marcos Breda, Joey Travolta, irmão mais velho de John Travolta, e Alexandre Frota. Quem sabe você também não nasceu pra ser ator?

Nessa data, em 1982, o presidente Ronald Reagan iniciou a Guerra Contra as Drogas que, ao que tudo indica, não venceu. Nesse mesmo dia, em 2016, morria o alegre Fofão: o homem escrotal que nasceu de um pesadelo! Não só ele, mas como Patropí e outros personagens interpretados por Orival Pessini que faleceu nesse dia. Se você nasceu hoje, parabéns!

Quer saber como agarrar seu homem? A dica do Almanaque é: use seus braços! Fica muito mais fácil. Daqui a pouco você vai saber como__________________________. Quem será, hein? Mas antes vamos a inédita seção do nosso Informe: “Quem moveu meu laticínio?”

QUEM MOVEU MEU LATICÍNIO?

E quem ouve o Informe do Almanaque do Jovem Fazendeiro já tem a faca e o queijo na mão para anotar nossas dicas!

Quer saber como fazer seu queijo render mais? Anote aí!

Sabe o queijo suíço? Aquele que tem buracos? Pois bem... nós sabemos que quanto mais queijo, mais buraco teremos e nossos ouvintes sabem também que quanto mais buracos, teremos menos queijo... portanto quanto mais queijo, menos queijo. Então nossa dica é: evite consumir os buracos e trace um plano de consumo do seu queijo baseado no que aprendemos sobre geometria não-euclidiana na escolinha. Quer saber mais? Nosso editor separou um trecho de uma entrevista completamente improvisada que fez com o mestre queijeiro Estevão Fritada! Vamos ouvir?

[Entra trecho de entrevista]

VINHO

E não dá pra não pensar em queijo sem pensar em queijos e vinhos, não é?

Por isso eu quero agradecer a garrafa que ganhei dos vinhedos de Ana Cláudia. Ela nos escreve agradecendo a menção que fizemos dela no passado e diz que não precisamos mencionar mais seu nome e suas operações. Ok, Ana Cláudia! Vou abrir esse vinho semana que vem pra comemorar nosso último episódio da temporada! Ela sugere também que falemos menos sobre o que acontece na cidade e que nos concentremos em assuntos mais leves e pueris. Certo! E agora... Notícias da Cidade!

NOTÍCIAS DA CIDADE

Vamos começar com notícia boa! O pequeno Pedro e sua prima Lúcia ressurgiram correndo em direção à cidade. Dona Toníca informou ao informe que as crianças passam bem e nos contou o conto que as duas contaram: Elas teriam acordado acorrentadas em um altar de pedra e sem memória de como chegaram no local, que parecia uma clareira cercada por uma plantação de feijões. Suas últimas lembranças foram a de uma suposta apresentação de hipnose de Senhor Müller durante o espetáculo circense. Segundo o pequeno Pedro, ele recobrou a consciência ouvindo uma prece de Padre Romeu e, ao abrir os olhos, viu o pároco com brilho azul emanando de suas mãos. A primeira coisa que Pedro pensou foi “Césio 137”, mas foi interrompido pelo som de suas correntes se partindo com o impacto da espada de Seu Ernesto. Depois de serem libertados, os dois homens teriam indicado o caminho de volta para casa, e partiram na direção dos alojamentos da Colônia Müller. Lúcia parecia muito abalada e contou por alto sobre ter participado de uma cerimônia vestida de branco e repetia algo sobre uma árvore-polvo gritando e a apertando... tudo isso com os olhos chorosos em volta de seu narizinho que vai crescer com tanta historinha, né? Ninguém aqui se lembra desse espetáculo de hipnotismo! Que imaginação que essas crianças têm, não é mesmo? Pelo menos chegaram bem em casa!

Foi mais ou menos nesse momento... que os tremores começaram... E no corre-corre que se deu, os moradores aos poucos perceberam o sumiço de outras crianças. No começo não se sabia que todas as crianças haviam desaparecido pois os gritos desesperados das mães foram abafados pelo hino da Colônia Müller sendo retransmitido pela torre da igreja em um inacreditável volume. E para desligar o som? Eita! Tudo trancado e sem o padre por perto! As portas da Igreja da Matriz tiveram de ser arrombadas pelo Araújo que explodiu um botijão de gás para dar acesso à antena retransmissora. Qual foi a surpresa a Associação dos Pais de Bom Jesus ao entrar na Igreja... e se depararem com os druidas anciões de Vila Velha!

Foi mais ou menos nesse momento... que a tempestade começou... o som da explosão do botijão ainda ecoava nos vales quando foi ouvida outra explosão muito mais alta vinda da Chácara do Fundo. A explosão foi seguida por luzes se projetando nos céus da região. Deve estar rolando uma bela festança por lá! Bem que podiam ter me chamado!

Ah! Pedro e Lúcia também trouxeram um pendrive com uma mensagem do Padre Romeu, mas está encriptada e ainda não sabemos como decodificá-la.

Mais sobre tudo isso na próxima edição do Informe. Sou seu locutor Ceará e meu voto é seu! Agora governe com sabedoria uma chuva de posts no Facebook divulgando o Informe do Almanaque do Jovem Fazendeiro! (O Facebook tá precisando de algo bom por lá, né?) E lembre-se do ditado popular: Uma andorinha só não faz um par na mão, que é melhor que duas voando, afinal um é pouco, dois é bom, mas três é ímpar.

E se quiser saber mais sobre o que acontece na podosfera brasileira e internacional, dicas e também sobre o que acontece no Overcast, assine a nossa newsletter. Vá em www.overcast.com.br/newsletter. Até a próxima semana!