The animals, the animals

Trapped, trapped, trapped ’till the cage is full

E a jaula fica cheia muito rápido no Prison Architect. Mais rápido do que você espera até. Antes que você tenha um muro construído estes presidiários já estão a caminho da sua prisão. E o que você pode fazer? Construir uma jaula o mais rápido o possível. É uma corrida contra o tempo, antes que um ônibus lotado de presos desembarque na sua porta.

The cage is full

Stay awake

In the dark, count mistakes

E mesmo com a jaula pronta seus prisioneiros ficam paradinhos do lado de fora, na beira da estrada. É como se a prisão estivesse na mente deles.  Totalmente submissos, eles poderiam fugir, mas ficam ali, paradinhos, esperando por mim…  Até que eu finalmente resolvo contratar alguns guardas. Era isso que faltava.

Os guardas levam os detentos para a minha holding cell (uma primeira cela onde eles esperam para serem levados para suas celas definitivas, que nessa altura ainda nem existem).  Lá eles ficam, e vão se amontoando, e se amontoando, até que a primeira rebelião acontece. Além de contratar guardas, eu precisava construir uma cozinha pra alimentar eles, um banheiro pra eles se lavarem… E o principal: uma casa de máquinas pra cuidar da eletricidade e sistema hidráulico da prisão.

E paredes pra ver se os meus presos param de sair correndo. Quem diria que estes são os mesmos que ficaram me esperando pacientemente na beira da estrada.

The light was off but now it’s on

Searching the ground for a bitter song

The sun is out, the day is new

And everyone is waiting, waiting on you

And you’ve got time

And you’ve got time

E aos poucos você vai pegando o jeito. Aprende a pegar dinheiro de incentivos para construir benfeitorias na sua prisão, finalmente constrói celas individuais, aumenta a sua cozinha pra alimentar a todos e vai vendo o seu presídio crescer.

O jogo ainda está em alfa, o que significa que está cheio de bugs e que muita coisa ainda vai mudar, mas já é um sandbox bastante divertido e serve pra quem está sofrendo de abstinência em Orange is the New Black.

Pena que os personagens, por mais que tenham fichas bem detalhadas, acabam não tendo qualquer personalidade. Muito menos os guardas da sua prisão. O que faz ser muito fácil não se importar quando um morrer esgarfiado. Basta contratar ouro guarda no lugar daquele. E mesmo esse detendo assassino rapidamente é esquecido.

Mas como eu falei, o jogo ainda está bem longe de estar pronto. O que já existe é um sistema bem interessante de planejamento e evolução da sua prisão, que sempre precisa se adaptar pra receber mais presos e lidar com suas necessidades.

E de uma certa forma você acaba se sentindo um pouco como o Caputo desse presídio. Por mais que não existam Pipers, Boos e Reds (ou qualquer presidiária mulher), você fica o tempo inteiro trabalhando pra melhorar sua prisão, deixar seus presos felizes e transformar a convivência de todos em uma experiência pacífica.