A Coluna Musical mais TURBO de todos os universos. (Oferecimento Eletrorádio Irmãos Malacco) – #02

Proposta de Emenda Constitucional: Bandas que surgiram antes do conceito de Hiato não podem reunir se acabarem. Estou falando com vocês, ex-integrantes do Led Zeppelin. Manda o Jimmy Page parar de dar corda pra assunto de “reunion”. Ele tem clássicos para remasterizar. Estou baseando esta PEC no fato de que não houve problemas com reuniões como a do Faith No More, do Rage Against The Machine ou do Soundgarden. Todas surgidas, terminadas e reunidas após o advento do Hiato. E tocadas com dignidade, sem grandes pretensões além de botar pra foder em grandes festivais e casas de shows. Led Zeppelin, Pink Floyd, Cream, Black Sabbath, Genesis, Mutantes, não podem mais. Chega uma hora que a pessoa tem que aceitar que a vida dela é almoçar às 10h30 e dormir de tarde assistindo Video Show.

E enquanto eu tou nesse embalo, Proposta de Emenda à Constituição: esta PEC sugere a proibição do holograma de cantor morto. Sério mesmo. Cê morreu. Deixa outra pessoa cantar. Minha sugestão pessoal é nomear o DJ Cremoso como coveiro musical. Tá todo mundo proibido de cantar som de gente morta. Deixa o DJ Cremoso maquiar pra pelo menos parecer que morreu sorrindo.

Já que o assunto é PEC, vamos lá. Proposta de Emenda à Constituição: tá proibido fazer conta com patrimônio de músicos do estilo “punk”. A maior parte deles, ao mesmo tempo que botou pra foder tocando em lugares abomináveis e fez sua vida feliz, teve de morar com a mãe depois de adulto. Somente por isso merecem ser quarentões e cinquentões com boas condições de vida e street cred sim. Não precisa ficar contando.

Pra fechar, fica aí mais uma Proposta de Emenda à Constituição: seja o cidadão punk, sambista ou funknejo ostentuniversitário, esta PEC sugere que toda música seja ouvida em aparelhos de som adquiridos na Eletrorádio Irmãos Malacco.